Melhor Idade

Coordenadora: Patrícia Gerum

O grupo tem por finalidade, passar algumas horas da semana alegres e com união, onde fazemos trabalhos artesanais, temos um encontro por mês com uma psicóloga que nos visita, fazemos passeios para conhecer os santuários de Curitiba e partilhamos um lanche com oração e alegria.

Reuniões:

Nós encontramos todas as terças feira a partir das 14:30 no salão paroquial.

Local: Paróquia São Martinho de Lima

Últimos Eventos e Atividades:

Objetivos da Pastoral da Pessoa Idosa

Durante a I Assembleia Nacional da Pastoral da Pessoa Idosa (PPI), na qual aconteceu a fundação desta Pastoral no dia 05 de novembro de 2004, um dos objetivos foi a aprovação do Estatuto da PPI. Em seu artigo 2º estão expressos seus objetivos e finalidades como segue:


A Pastoral da Pessoa Idosa tem por objetivo assegurar a dignidade e a valorização integral das pessoas idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos, num processo educativo de formação continuada destas, de suas famílias e de suas comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político, para que as famílias e as comunidades possam conviver respeitosamente com as pessoas idosas, protagonistas de sua auto realização, por meio das seguintes atividades:


I – Promover o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual, cognitivo e cultural dos idosos;


II – Promover o respeito à dignidade e à cidadania das pessoas idosas, colaborando para a divulgação e implementação do Estatuto do Idoso - Lei nº.10.741, de 1º de outubro de 2003;


III – Promover o convívio das pessoas idosas com as demais gerações, estimulando uma velhice ativa e buscando uma longevidade digna;


IV – Estimular e respeitar a espiritualidade das pessoas idosas;


V – Valorizar a história de vida, as experiências, o ser biográfico, a sabedoria adquirida ao longo da vida de cada pessoa idosa, respeitando-a como guardiã da memória coletiva;


VI – Capacitar agentes de pastoral para o acompanhamento das pessoas idosas nas visitas domiciliares e nas outras atividades complementares afins;


VII – Organizar redes de solidariedade humana nas comunidades e nos diferentes níveis para promover o bem-estar dos idosos;


VIII – Incentivar a criação e participação nos conselhos de direitos do idoso em todos os níveis;


IX – Realizar parcerias, somando esforços com outras pastorais, comunidade científica, associações de geriatria e gerontologia, organizações de defesa dos direitos dos idosos, de assistência social e outras entidades afins;


X – Manter um sistema de informação sobre a situação das pessoas acompanhadas;


XI – Democratizar notícias e informações sobre os idosos nos meios de comunicação social;


XII – Promover esclarecimentos sobre os preconceitos contra as pessoas idosas, a fim de que sejam superados;


XIII – Somar esforços com iniciativas de educação continuada para cuidadores de idosos;


XIV – Valorizar a vida até sua fase final, apoiando os programas de cuidados paliativos, que assegurem o caráter espiritual da existência humana.

Dai ao nosso coração sabedoria (Sl 90)

O sonho da criação da Pastoral da Melhor Idade se concretizou em 1993 quando, no Aeroporto de Londrina, duas pessoas muito preocupadas com a questão da Terceira Idade se encontraram – Dra. Zilda Arns, que acabava de comemorar o aniversário de 10 anos da Pastoral da Criança, e o geriatra e então Presidente da SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – do Paraná, Dr. João Batista Lima Filho.

 

Dessa aparentemente casual união de duas mentes sintonizadas na mesma questão, surgiu a idéia de criar a Pastoral do Idoso, uma teia de fraternidade direcionada para esta faixa etária, com a finalidade de acompanhar não só as crianças e seus familiares, mas também os membros mais velhos das comunidades carentes. Principalmente porque ambos têm a consciência de um predomínio cada vez maior da faixa de terceira idade na população brasileira.

 

Entre 1994 e 1995 produziu-se o Manual de Orientação De Bem com a Vida, escrito pelo Dr. João Batista Lima Filho e por Sophia Sarmiento, material que inspirou todo o mecanismo de educação dos líderes comunitários. Esta obra prescreve o tratamento e os cuidados científicos que se deve ter com os idosos, elaborado com singeleza justamente por ter como público-alvo os integrantes da comunidade.

 

Somente nos anos de 1987 e de 1988 é que a Pastoral assumiu seu verdadeiro formato, reproduzindo nesta organização o mesmo método utilizado pela Pastoral da Criança. Ou seja, também nesta entidade há a intenção de formar lideranças que transmitam tanto o conhecimento necessário, quanto o sentimento de solidariedade, aos membros da Terceira Idade e as suas famílias, no seio das quais se encontram os mais aptos a acompanhar o desenvolvimento destes idosos.

 

Inicialmente o projeto, ainda em caráter experimental, foi empreendido no Paraná. A cada dirigente comunitário foi atribuída a supervisão de 10 idosos, o que foi realizado por meio de visitas às suas residências e pesquisas com índices próprios da organização. Em 1999 a Pastoral deu início ao seu período de crescimento, disseminando-se por outros recantos do Brasil. Neste ano foi celebrado também o Ano Internacional do Idoso.

 

Mas, apesar de todos os esforços, de uma Campanha da Fraternidade direcionada para a Terceira Idade, em 2000, e da vigência do Estatuto do Idoso a partir de 2004, este projeto ainda navega em águas incertas. Com a morte de Dona Zilda Arns, no Haiti, em 2010, a Pastoral corre sérios riscos, pois ela era a única liderança sólida desta entidade.

 

O problema principal são as assinaturas de convênios, que esbarram na carência de políticas públicas para os idosos. Zilda havia acabado de fechar, em novembro de 2009, um convênio com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 600 mil, o que permitirá à Pastoral sobreviver por mais um ano. Se for realizada uma analogia com a Pastoral da Criança, financiada pelo mesmo órgão oficial desde o ano 2000, e que dele recebeu nada menos que R$ 34 milhões, não será difícil verificar que a quantia destinada aos idosos é praticamente insignificante.

 

A esperança da Pastoral do Idoso reside no frágil orçamento da União para os idosos em 2010, o qual totaliza R$ 4,6 milhões. Sem a presença da carismática Dra. Arns, não se sabe se esta organização conseguirá angariar novos convênios. Atualmente a entidade acompanha 158 mil idosos em 770 cidades. O objetivo de seus integrantes é ampliar o atendimento para mais 15% de idosos. O futuro é uma incógnita para a Pastoral, a qual em muitos momentos depende do esforço e da boa vontade dos voluntários.

 

O que é

A Pastoral da Pessoa Idosa tem como missão a promoção e valorização da Pessoa Idosa, dando-lhe a oportunidade para melhorar sua qualidade de vida, respeitando seus direitos por um processo educativo integrado a sua família e a comunidade. Com a formação de redes comunitárias de líderes voluntários que multiplicam o saber e a solidariedade fraterna. A Pastoral da Pessoa Idosa já tem mais de 10 anos de fundação, por iniciativa da Dra. Zilda Arns Neumann. No ano de 2004, durante a assembleia geral da CNBB, aprovaram a proposta de sua fundação.

Objetivo Geral

Acompanhar pessoas idosas no domicilio, mensalmente, de preferência, as mais fragilizadas, levando afeto e a ternura de Deus.

A Pastoral da Pessoa Idosa tem por metodologia a prática de Jesus. Marcos 6,34-44 trata da multiplicação de dois peixes e cinco pães, onde o Mestre dá autonomia às lideranças, recomendando que se dividissem em grupos e servisse a multidão. A P.P.I, também identifica as lideranças no meio da comunidade e as envia em missão dois a dois depois de passarem por capacitação adequada.

Ações Práticas

  • Realizar encontros regionais para capacitar todos os coordenadores diocesanos e estaduais no novo Guia do líder.

Crescer em 10% o número de Diocese e Setores, Paróquias, Comunidades, Lideres e Pessoas Idosas acompanhadas: O tempo de dedicação depende de cada líder e motivação pessoal, para visita ao idoso e suas famílias.

Rua Natal 1650, Cajuru | Curitiba - PR | Telefone: (41) 3226-2310  |  Email: saomartinhodelima@hotmail.com