“Dia Mundial dos Pobres não é comemoração, é um chamado”, diz Dom Francisco Cota

18/11/2018

A Igreja Católica no Brasil deu início ontem, 11 de novembro, à II Jornada Mundial dos Pobres – Semana da Solidariedade. A programação vai até dia 18 de novembro, Dia Mundial dos Pobres.

 

Em Curitiba, houve missa de abertura da semana, realizada na Catedral de Curitiba. Dom Francisco Cota, bispo-auxiliar e referencial da Dimensão Social de Curitiba, lembrou que a data não é uma comemoração: “Muito pelo contrário, é um chamado para que sejamos uma Igreja mais solidária conforme nos ensina o Evangelho. Para que não nos tornemos indiferentes frente a quem vive privações e situações de pobreza”.

 

Na homilia, Dom Francisco lembrou que todos católicos são convocados à participação na programação da semana. “É momento de erguermos a voz. Muitas vezes ignoramos o clamor dos pobres, que é um grito forte, mas estamos com os ouvidos fechados, dando mais valor às coisas do que às pessoas. Muitas vezes nós ignoramos e até realizamos julgamentos contra essas pessoas”, disse o bispo, ressaltando o papel da Igreja em insistir em falar neste tema, para tirar as pessoas da realidade de indiferença.

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

O Papa: olhemos para necessidades dos outros, não estamos sós no mundo

1/8/2020

1/5
Please reload

Posts Recentes