Como ensinar a devoção ao Menino Jesus às crianças


Santos que tinham uma devoção especial ao Menino Jesus nos incentivam a promovê-la entre as crianças nesta época de Natal

A devoção ao Menino Jesus tem sido uma constante na espiritualidade cristã desde os primeiros séculos. De fato, o Menino Jesus nos aproxima da simplicidade, confiança, misericórdia e alegria do Natal. E essa devoção é uma oportunidade de compartilhar tudo isso com nossos filhos.


Mas como incentivar as crianças a aderir a essa devoção? Eis, algumas dicas!


Meditar sobre o presépio


São Francisco de Assis tinha uma devoção muito especial ao Menino Jesus. Na verdade, a ele é atribuída a criação do primeiro presépio, que aconteceu na véspera do Natal de 1223.


Os presépios e manjedouras são símbolos populares do Natal há séculos. Além disso, a representação do nascimento de Jesus é cheia de grande significado e ensinamento. O motivo desta festa é a chegada de uma criança humilde, que traz paz e esperança ao mundo.


O presépio é uma tradição católica e um instrumento de meditação para todos. Jesus nasceu na pobreza, humildade e simplicidade. Na verdade, Francisco fundou sua ordem religiosa para imitar essas mesmas virtudes.




Podemos mostrar às crianças um filme sobre o nascimento de Jesus ou abrir um livro adequado às suas idades, em que elas podem ler ou ver as imagens. Outra sugestão é inclui-las da montagem do presépio em um lugar especial da casa.

Por meio desses recursos visuais, as crianças podem entender como Cristo veio ao mundo sem muitas coisas materiais. Isso não apenas as ensina que não é necessário ter tanto, mas que os presentes têm significados, não são banais.


Escrever uma carta


Santa Teresinha escolheu chamar-se “do Menino Jesus” precisamente porque com ele aprendeu o caminho da infância espiritual. Um caminho que não é infantil, mas uma entrega total ao cuidado providencial de Deus, colocando nele todos os nossos projetos com a confiança de uma criança que se abandona nos braços dos pais.


A santa escreveu em sua autobiografia: “Sou uma alma muito pequena que só pode oferecer coisas muito pequenas a Deus”. Oferecer pequenas coisas é algo importante e é uma forma de preservar aquela infância que precisamos para avançar no caminho do amor.


Portanto, incentive as crianças a escreverem uma carta em que possam falar algumas palavras de amor a Jesus. Algo que os pequenos queiram dizer ou compartilhar com Cristo, como seus projetos, objetivos, talentos, conquistas do ano e preocupações futuras.




Podemos ensinar aos pequenos que Jesus, uma criança como eles, é acima de tudo um amigo e estará lá para ouvir suas palavras em cada momento de suas vidas. Esta comunicação nada mais é do que a oração!


Normalmente, o tipo de carta que as crianças fazem quando escrevem nesta época do ano são listas de presentes. Procure não incentivar apenas a parte material do Natal mas falar de outros presentes – os espirituais. Há muito material do Advento adaptado para as crianças que pode despertar nelas algumas pequenas inspirações.


Faça um presente


Na véspera do Natal de 1937, Santa Faustina escreveu em seu diário: “Depois de algum tempo, fiquei sozinha com o Menino Jesus. Ele me estendeu as mãozinhas e entendi que deveria tomá-lo nos braços. Jesus pressionou a cabeça contra o meu coração e me fez saber, com seu olhar profundo, como lhe parecia bom estar perto do meu coração.”


Aliás, o Menino Jesus apareceu a esta santa em várias ocasiões da sua vida, recordando-nos o valor de nos unirmos mais ao seu coração – um coração cheio de misericórdia.


Nesse sentido, podemos ensinar aos nossos filhos que o Natal é uma oportunidade de presentear o Menino Jesus.


Foi o próprio Jesus quem propôs as obras de misericórdia, e os adultos podem apresentar e acompanhar os filhos para a concretização de algumas delas, tanto espirituais como corporais. De acordo com a idade, podemos orientá-los com algum material de apoio ou montar um pequeno projeto no qual possam escolher uma obra e oferecê-la de presente.


Cantar músicas natalinas


São Josemaría Escrivá atribuía grande importância à devoção ao Menino Jesus e inúmeras histórias confirmam isso. Ele apreciava as canções de Natal tradicionais e, quando as ouvia, pegava o Menino Jesus nos braços, se emocionava e as cantava.


Fazer com que os filhos se reúnam com outros membros da família para preparar um bolo para o aniversário de Jesus e cantar para ele é uma forma de poder lembrá-los – através de uma experiência concreta e divertida – do verdadeiro motivo pelo qual comemoramos.


Ao participar no aniversário de Jesus, o verdadeiro significado do Natal renova e desperta a importância de partilhar o amor que ele nos trouxe com o seu nascimento. Um bolo simples – acompanhado de música e cantos – transmite a alegria da festa de aniversário mais maravilhosa da história, para a qual todos somos convidados.




https://pt.aleteia.org/2021/12/07/como-ensinar-a-devocao-ao-menino-jesus-as-criancas/?utm_campaign=EM-PT-Newsletter-Daily-&utm_content=Newsletter&utm_medium=email&utm_source=sendinblue&utm_term=20211208




Posts Em Destaque